quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Ela Leu #26 Jovens de Elite - Marie Lu (Editora Rocco) [VÍDEO]

SINOPSE: Imagine sobreviver a uma praga, apenas para ser marcada como uma abominação pelos seus compatriotas. Ser odiada, temida e segregada por ser diferente: esta é a vida de Adelina Amouteru, protagonista de Jovens de Elite, primeiro da nova série da autora Marie Lu, criadora da trilogia de sucesso Legend. Bestseller do The New York Times, com direitos de adaptação para o cinema adquiridos pela 20th Century Fox, Jovens de Elite é o início de uma saga arrebatadora, leitura perfeita para fãs de histórias de fantasia medieval como Game of Thrones, com vilões dignos de Star Wars e X-Men.

A trama se passa num mundo medieval alternativo tomado por uma estranha febre que, quando não mata, deixa uma marca física nos seus sobreviventes. Uma marca única para cada um deles, que pode ser um estranho tom de pele ou um cabelo que muda de cor, por exemplo. Chamados de malfettos, alguns poucos sobreviventes, além da marca, são dotados de incríveis poderes: habilidade de controlar o ar, o fogo, a terra e até mesmo seres humanos. 

Adelina é uma sobrevivente. Tudo que a jovem queria era ser aceita e amada, mas a doença a marcou e a privou de uma vida melhor. Ela é constantemente maltratada pelo pai, e sua irmã mais nova nada pode fazer para ajudar. Porém, quando tenta escapar do destino imposto a ela por seu pai, Adelina descobre que, além da cicatriz, ganhou também um dos estranhos poderes herdados pelos malfettos, e que sua vida pode mudar para sempre.

Ao encontrar um novo lar na sociedade secreta Jovens de Elite – vistos por uns como heróis, por outros como seres demoníacos –, Adelina é recrutada pela Sociedade do Punhal, um grupo de malfettos organizado pelo príncipe Enzo para lutar contra a Inquisição e a ditadura da Rainha. Heroína ou vilã? Num mundo no qual magia e política se chocam, ela é obrigada a descobrir o lado sombrio do seu coração.

Lançado no Brasil pela Rocco escrito pela Marie Lu é o primeiro de uma trilogia distópica. A personagem principal é Adelina, uma sobrevivente da febre do sangue. A febre do sangue foi uma doença que ocorreu há uma década e devastou a maioria da população, as crianças que sobreviveram não ficaram ilesas à febre e passaram a carregar marcas da mesma.

Por causa dessas marcas elas foram chamadas de malfettos e a sociedade os enxerga como uma praga, uma maldição. A outra parte da sociedade os considera heróis. Mas não são todos os malfettos que podem ser categorizados desta forma. Somente aqueles que desenvolveram dons sobrenaturais são chamados de Jovens de Elite e são recrutados pela Sociedade dos Punhais que luta contra a Inquisição do reino que possui como missão a extinção dos Jovens de Elite.

Então, Adelina, até o começo do livro é somente uma malfetto até que por conta de um problema com o pai demonstra que possui poderes sobre-humanos e é presa pela Inquisição. Na Inquisição conhecemos Teren, o líder inquisidor. Ele busca com todas as suas forças o extermínio de todos os Jovens de Elite, ele acredita que os malfettos são uma maldição e sua missão é limpar a nação da mesma.

Quando está prestes a ser executada, Adelina é “resgatada” pela Sociedade dos Punhais. E então conhecemos Enzo, o líder dos punhais. Enzo busca o recrutamento de todos os Jovens de Elite a fim de derrubarem a Inquisição e também pela busca do trono. Adelina então está ligada aos dois lados da guerra.

Assista mais aqui:


Eu me apaixonei muito pela história escrita pela Marie Lu e mal posso esperar para continuar a leitura de Jovens de Elite e me aventurar com Legend também, porque os brothers e as manas indicam sempre ♥ Me acompanhem nas redes sociais, eu sou @BLOGELaEscreveu