segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

ElaLeu #24: Naomi & Ely - David Levithan e Rachel Cohn



Ano: 2015 - Páginas: 256 - ISBN: 9788501103123 - Galera Record - Compre aqui 

Sinopse: A quintessência menina-gosta-de-menino-que-gosta-de-meninos. Uma análise bem-humorada sobre relacionamentos. Naomi e Ely são amigos inseparáveis desde pequenos. Naomi ama Ely e está apaixonada por ele. Já o garoto, ama a amiga, mas prefere estar apaixonado, bem, por garotos. Para preservar a amizade, criam a lista do não beijo — a relação de caras que nenhum dos dois pode beijar em hipótese alguma. A lista do não beijo protege a amizade e assegura que nada vá abalar as estruturas da fundação Naomi & Ely. Até que... Ely beija o namorado de Naomi. E quando há amor, amizade e traição envolvidos, a reconciliação pode ser dolorosa e, claro, muito dramática.

Comprei este livro na Saraiva junto com o "Eu receberia as piores notícias dos seus lindos lábios", mas para a minha tristeza profunda este estava esgotado e eu acabei recebendo somente o livro do David e da Rachel. Este é aquele típico livro que conquistou muitas pessoas por causa da capa que é muito bonita. Os tons de azul e roxo se complementam e dão um ar bem gracioso. Além do verniz localizado na capa que dá todo um diferencial pro livro.

Este é o primeiro livro que eu leio, tanto do David Levithan como da Rachel Cohn e confesso que não foi nem um pouco como esperava. Com os sucessos de "Todo dia", "Will & Will" e "Garoto beija garoto" eu esperava que esse seria no mínimo um pouquinho espetacular, mas não aconteceu. O livro conta as histórias de Naomi, Ely e outros personagens que estão na trama e que vivenciam o drama da dupla de amigos.

Naomi é a menina mais bonita do colégio, mais popular, mais maravilhosa da face da terra e outros adjetivos mais que eu não vou citar. Ely é aquele amigo gay maravilhoso que todo mundo merece ter algum dia na vida, ainda bem que eu tenho alguns e eles são incríveis da mesma forma! O grande "problema" é que Naomi é apaixonada por Ely e ele é gay. Coloquei problema entre aspas porque o real problema é a Naomi inteira. Você se apaixonar pelo amiguinho homossexual não é nenhuma novidade, agora você insistir e desejar no fundo do coração que ele vai virar hétero e casar com você soa muito paranoico. Tudo começa a ir por água abaixo quando Ely beija o namorado de Naomi, então somos levados ao desenrolar do livro pra saber se a amizade vai continuar firme e forte como quando eles eram crianças ou se tudo vai ser quebrado.


A famosa lista do não-beijo diz respeito aos garotos que ambos, Naomi e Ely, não devem beijar para não estragar a amizade. Eu acreditei que a lista realmente pudesse estar no livro, em anexo na última página, mas ela não existe. É aquele tipo de detalhe que daria um realismo a mais na história e eu senti muita falta. O livro é excelente pra quem conhece Nova York. Indicações de ruas, prédios, centros... Deve ser bem mais interessante quando você tem uma visão desses lugares pré-existentes na sua cabeça, ou tem paciência pra dar uma pesquisada enquanto lê. Eu não fiz isso, mas quem sabe em uma releitura?

Tem duas playlists, essa é a de um dos melhores capítulos do livro, um personagem muito especial cria esta playlist, além de explicar o motivo pela escolha de cada uma das musicas. Não vou dizer qual é o personagem para evitar spoilers, mas o nome dele já circula em algumas resenhas. Uma das poucas coisas que fez o livro valer a pena.



Minhas faixas favoritas: Fiona Apple - Criminal + Kirsty MacColl - A New England + Shuggie Otis - Inspiration Information + Grandmaster Flash: The Message

Avaliei com 3 de 5 estrelas por ser mais um livrinho na minha vida. Eu iria dar 2 estrelas tranquilamente, mas alguns detalhes minúsculos fizeram com que eu aumentasse a nota. Estou ansiosa para assistir a adaptação cinematográfica com a maravilhosa Victoria Justice interpretando Naomi, sério!!! Perfeita combinação! Além de ter uma participação da Monique Coleman <3 #sddsHSM atuando. Me contem o que vocês já leram este livro e o que acharam dele, também não deixem de me contar alguma história que aconteceu com um amigo gay que daria um livro! Um super beijo e até a próxima!

"Somente uma garota que ama um garoto que ama um garoto" 

2 comentários:

  1. Sou louca para ler esse livro desde que assisti o filme, que foi um dos melhores filmes que assisti ano passado!
    Gostei da sua resenha, bem detalhada :)

    beijos, Epílogo em Branco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. preciso assistir o filme logo! ainda bem que tem na Netflix!
      obrigada pelo comentário!
      Super beijo!

      Excluir

Fico honrada por estar lendo a minha postagem, deixe o seu comentário sobre, com o link do seu blog, para que eu possa visitá-lo e comentar de volta! Que o seu dia seja incrível!