segunda-feira, 17 de novembro de 2014

ElaLeu #11 - Eu me voluntario a escrever | Jogos Vorazes COLLINS, Suzzanne

♥ Suzzane Collins, 51 anos,  Hartford, Connecticut
♥ Publicado em 2010, pela editora ROCCO - Jovens Leitores
♥ Narração em primeira pessoa em ordem cronológica.
♥ Personagens principais: Katniss, Peeta, Gale, Rue, Prim, Cinna e Haymich.
♥ Distopia, infanto-juvenil. Em um futuro distópico Katniss conta como é viver em uma sociedade terrível e sobreviver à Jogos de vida ou morte.



SINOPSE: Após o fim da América do Norte, uma nova nação chamada Panem surge. Formada por doze distritos, é comandada com mão de ferro pela Capital. Uma das formas com que demonstram seu poder sobre o resto do carente país é com Jogos Vorazes, uma competição anual transmitida ao vivo pela televisão, em que um garoto e uma garota de doze a dezoito anos de cada distrito são selecionados e obrigados a lutar até a morte! Para evitar que sua irmã seja a mais nova vítima do programa, Katniss se oferece para participar em seu lugar. Vinda do empobrecido distrito 12, ela sabe como sobreviver em um ambiente hostil. Peeta, um garoto que ajudou sua família no passado, também foi selecionado. Caso vença, terá fama e fortuna. Se perder, morre. Mas para ganhar a competição, será preciso muito mais do que habilidade. Até onde Katniss estará disposta a ir para ser vitoriosa nos Jogos Vorazes? 

Hoje eu queria começar a falar sobre Jogos Vorazes e partindo do princípio, começar falando sobre distopias. Distopia de acordo com o minhas pesquisas, é algo contrário da utopia, que seria um mundo perfeito. Logo, distopia, seria um mundo horrível, bem próximo de algo quase que inimaginável ao ser humano.

Eu já li Terras Metálicas que começa em uma Utopia, onde a sociedade na Esfera vive de forma perfeita, mas no decorrer da história vemos que nem tudo é perfeito, então Jogos Vorazes é a primeira distopia que eu leio. Leia a minha resenha de Terras Metálicas aqui

Pelo o que eu entendi, o mundo que nós conhecemos hoje, no livro, ele não existe mais. O que se tem é a sobra da América do Norte que é chamada de Panem, dividida em 12 distritos e uma capital. Sendo que cada distrito é responsável por contribuir de uma certa forma à economia da capital, por exemplo, o distrito da Katniss, nossa protagonista, é responsável pelo fornecimento de carvão e minérios.

Falando um pouco sobre os Jogos Vorazes em si, o que eles seriam? É um grande reality show que ocorre todos anos sediado na capital, onde são sorteadas duas crianças - um menino e uma menina - de 12 a 18 anos de cada distrito, para participarem deste reality que é transmitido para toda Panem onde os cidadãos são pressionados/obrigados a assistir o que acontece nos Jogos com seus tributos.

Os tributos são totalmente transformados ao serem escolhidos e chegarem na capital. Uma equipe de beleza os transforma em pessoas dignas de morarem na capital: bem vestidos, com boa aparência e com todo o glamour insano que a capital exige. A autora brincou muito ao descrever como os personagens se vestiam, como estavam caracterizados e como as cores eram bizarras, sem dúvidas isso enriqueceu muito a leitura pra mim. E também há o treinamento das habilidades de cada tributo, para que eles consigam patrocinadores nos jogos, a fim de em um momento de extrema urgência, uma intervenção dos patrocinadores ocorra.

O livro possui toda uma crítica social: divisão de classes, padrões de beleza pra você ser aceito, obediência às normas impostas na sociedade, etc. E como todo livro adolescente há o romance. Mas não é exagerado, é um romance na medida certa, a personagem é alguém muito forte. Ela busca sua própria sobrevivência e a de sua família, enquanto a possibilidade de formar uma nova nem é pensada.

Eu li em muitas resenhas e assisti muitas críticas sobre o fato de que Jogos Vorazes era pra ser um único livro. O que eu concordo profundamente, mas por conta do mercado, vendas, dinheiro e viva o capitalismo, aumentaram pra mais dois volumes, o que realmente tornou o final do livro bem desorganizado.

Apesar dos pesares é um livro que eu realmente me identifiquei e que quero muito ter em minha estante, indico pra quem quer conhecer o gênero e não sabe por onde começar. Espero que vocês tenham gostado da resenha!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fico honrada por estar lendo a minha postagem, deixe o seu comentário sobre, com o link do seu blog, para que eu possa visitá-lo e comentar de volta! Que o seu dia seja incrível!