ElaLeu #08 - Anjos e mais Anjos | Angelologia TRUSSONI, Danielle

♥ Danielle Trussoni, 40 anos, La Crosse
♥ Publicado em 2010 no Brasil, pela editora Objetiva (SUMA de letras)
♥ Narração em primeira e terceira pessoa, na visão de duas personagens.
♥ Personagens principais: Evangeline, Verlaine, Gabriella, Celestine e Grigori.
♥ Conta a história de uma família no mundo da Angelologia através dos tempos.



SINOPSE: No romance de estreia de Danielle Trussoni, best-seller do New York Times, anjos também vivem na Terra e escondem suas asas para não levantar suspeitas. No entanto, sua perfeição imaculada se desfaz quando se apaixonam pelos humanos, seres inferiores. Os descendentes dessa união, os chamados Nefilins, são criaturas híbridas que desejam dominar a humanidade semeando o medo, provocando guerras e se infiltrando nas mais poderosas e influentes famílias da história. Com uma narrativa complexa e inteligente, Angelologia - O Conhecimento dos Anjos consegue fundir elementos bíblicos, míticos e históricos e envolver o leitor da primeira à última página.No livro, a irmã Evangeline era apenas uma menina quando seu pai a entregou à ordem das Irmãs Franciscanas da Perpétua Adoração, ocupantes do Convento de Santa Rosa, em Nova York. Agora, aos 23 anos, ela se vê subitamente jogada no centro de uma batalha pelo poder na Terra que já se estende por milênios. Os protagonistas desse confronto são os Nefilins e a reclusa Sociedade Angelológica, que, com seus conhecimentos ancestrais, parece ser a única capaz de detê-los. Quando Evangeline se envolve no conflito, sua vida é colocada em risco e o apocalipse parece estar próximo. Dos corredores austeros do convento à opulência da Quinta Avenida, de um cemitério em Montparnasse às montanhas da Bulgária, Angelologia - O Conhecimento dos Anjos é uma viagem pelos locais resguardados onde a História da relação entre os seres humanos e os anjos foi mantida a sete chaves.



É uma historia dividida em duas esferas: a primeira mostra Evangeline no final da década de 90 no Convento de Santa Rosa. Ela foi mandada pelo pai para o convento após a morte de sua mãe. Esse convento possui uma oração perpétua que já dura centenas de anos, onde as irmãs oram 24h por dia e 365 dias por ano, sem parar.

Quando Evangeline recebe uma carta, já que ela é responsável pela correspondência do convento, a carta possui informações que Evangeline já está acostumada a receber, pois são pedidos de terceiros para adentrar no convento e ver a biblioteca e as obras de arte que ele possui. Mas as irmãs do Santa Rosa são muito fechadas e preferem que ninguém nunca adentre o convento.

Entretanto, na carta há um nome familiar para Evangeline. Quando Verlaine, o autor, cita na carta o nome de madre Innocenta, deixa Evangeline muito curiosa, até porque ela nunca recebeu uma carta citando o nome de uma madre do Santa Rosa que há décadas havia falecido. E a partir dessa carta várias coisas começam a acontecer com a Evangeline, as irmãs do Convento e o próprio Convento.

A segunda esfera do livro se passa na década de 40, onde a autora nos mostra a adolescência de Gabriella, a avó de Evangeline, e Celestine que era sua amiga, colega de quarto e estudos. Elas estudavam Angelologia e trabalhavam juntas para a realização de uma nova expedição que poderia revolucionar o mundo da Angelologia. Mas várias coisas também acontecem, e ocorre que essas duas amigas venham a se separar.

Confesso que eu gosto bastante dessa segunda esfera, já que eu adoro ler sobre décadas passadas e posso dizer que histórias que se passam no passado ficam mais enraizadas na minha memória.

Encerrando a segunda esfera, a autora nos leva de volta à primeira, onde a sociedade Angelológica precisa completar a missão que foi iniciada há muito tempo e que a avó de Evangeline esteve envolvida. Vários segredos são revelados e com isso o livro me surpreendeu muito. 



Foi aquele tipo de livro que eu li e fiquei semanas sem ler nada porque eu pensava "nada vai superar esse livro, ele é muito bom!", eu sou muito suspeita pra falar sobre livros Angélicos, já que eu adoro livros com essa temática, principalmente quando são ambientados historicamente de uma forma riquíssima. Eu fiquei chocada quando eu fui pesquisar vídeo-resenhas sobre o livro e eu simplesmente não encontrei.

Esse é um livro que eu indico para todos, apesar do início ser cansativo, com descrições de personagens e de cenário, e como estamos ambientados em um convento, riqueza de detalhes é indispensável. Mas no decorrer da trama o livro fica muito empolgante, e autora possui uma escrita muito peculiar, como se cada palavra fosse um segredo a ser revelado e querendo descobrir logo você lê 100 páginas em uma noite sem perceber.

O único ponto negativo do livro é que ele acaba. Fiquei muito triste quando eu descobri que ele acabou ali, justo ali! Ele tem uma continuação que se chama Angelópolis que eu quero muito ler, mas não encontro em nenhum site brasileiro, só achei português de Portugal. Esse livro é emprestado da Marri e com certeza quando eu tiver a oportunidade comprarei meu próprio exemplar, porque esse livro é muito bom!
Atualização: a Marri viu o quanto eu amei o livro e deu ele de presente pra mim na época! Ainda quero ler a continuação, mas além de não ter sido publicada no Brasil, a versão original tem um preço um tanto quanto absurdo (R$75 na Amazon BR)
A diagramação é boa, folhas amareladas e grossinhas, somente a fonte que eu considerei pequena e isso pode atrapalhar a leitura para algumas pessoas, mas eu li tranquilamente. Vocês já leram esse livro? Gostam de livros com anjos? Me contem nos comentários! Quero saber tudo!

Comentários

  1. Rapaz, eu demorei demais lendo esse livro. Eu achei a segunda esfera boa, li tão rapidinho e fiquei com tanta raiva quando acabou... Achei a primeira e a terceira esferas um tantinho longas. Prefiro quando ela narra em primeira pessoa, a leitura flui melhor (pelo menos comigo). Claro que elas tiveram pontos realmente impressionantes e interessantes, mas no geral, poderiam ter sido melhoradas. Também quero o segundo volume T^T Gostei muito do livro, apesar de ter quase ter pulado as descrições.

    Olha aí uma coisa que eu não sabia sobre a senhorita o.o Ou simplesmente não lembrava. Quer dizer que gosta de livros com temas angélicos, não é?

    Tem uma coisa na postagem que você tem que corrigir: A narração é em terceira pessoa e em primeira.

    Beijão o/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Eu não demorei tanto, li super rápido... Chocada! Prefiro a segunda esfera também! É mais legal hahaha... Corrigido!

      Excluir

Postar um comentário

Fico honrada por estar lendo a minha postagem, deixe o seu comentário sobre, com o link do seu blog, para que eu possa visitá-lo e comentar de volta! Que o seu dia seja incrível!